NOTÍCIAS


Produtores rurais enfrentam dificuldades para escoar produções devido a precarização de pontes e estradas, em Marabá Paulista



Prefeitura admitiu não ter condições de atender a todos os problemas por falta de recurso. Infraestrutura precária de estradas rurais dificulta acesso de moradores a propriedades rurais, em Marabá Paulista (SP) Reprodução/TV Fronteira Alguns produtores rurais de Marabá Paulista (SP) vem enfrentando problemas para escoar as produções devido às condições precárias das estradas rurais que interligam as propriedades à cidade. Em entrevista à TV Fronteira, os produtores relataram que as dificuldades para passar pelo local costuma aumentar em épocas de chuva. Na grande maioria, as vias rurais são as únicas rotas de acesso para diversas propriedades agrícolas do município, como a estrada municipal MBP 040, que dá acesso ao assentamento Franco Montoro, e a MBP 752, apelidada de Estrada da Fruteira. Conforme os produtores, a falta de manutenção por parte da Prefeitura Municipal dificulta o trânsito em diversos pontos. “A gente faz recria de bovinos de corte e manda bois para confinamento. A grande dificuldade nossa hoje aqui é para a chegada e retirada desses animais para o confinamento. O pior é no período das chuvas, mas também no período da seca, porque as estradas nossas aqui estão tão precárias, que até no período da seca, por causa de areião, essas coisas, eu tenho um grande problema”, ressaltou o pecuarista Humberto Fenelon. Estrada MBP 752, apelidada de Estrada da Fruteira, possui erosões em grande parte da extensão, em Marabá Paulista (SP) Reprodução/TV Fronteira O administrador de fazenda, Antônio Rodrigues Pires, disse que a chuva realmente intensifica os problemas nos locais. “Durante o carregamento de carreta na fazenda, plantar soja, plantar sorgo, confinamento também, na hora da gente tirar essas mercadorias, é meio difícil. Quer ver se tiver chuva”, disse Antônio. Estrada municipal MBP 040 possui problemas de infraestrutura, em Marabá Paulista (SP) Reprodução/TV Fronteira A produtora rural Renata Valencio ressalta que os obstáculos nas vias são diversos. “A gente sofre de problemas alternados, quando a gente não tem a chuva, fazendo as erosões, os buracos, cortando as estradas literalmente, a gente tem também o problema de bancos de areia, que também dificulta o trânsito de cargas pesadas”, A produtora ainda contou à TV Fronteira que além da situação das estradas, as condições das pontes também estão precárias. “Nós temos muitas pontes aqui no município para acessar nossa propriedade nós também temos uma. É uma ponte de madeira, muito antiga, muito frágil e sempre que vai passar por ali, uma carga mais pesada, é um ponto de muita preocupação com a questão de segurança desse transporte, explicou. Moradores de Marabá Paulista (SP) sofrem com problemas em pontes e estradas rurais Reprodução/TV Fronteira Apesar dos trabalhos realizados pelo Poder Executivo para tentar solucionar os transtornos, o sentimento de muitos moradores é de desamparo. Conforme os produtores, apesar do Governo do Estado já ter realizado o programa de recuperação de estradas rurais no local, Melhor Caminho, a falta de manutenção prejudica o tráfego. “A gente está procurando uma ajuda do Governo do Estado porque está impossibilitada aqui, essas estradas nossas, a Prefeitura não dá conta sozinha disso aqui. Já foi feito o Melhor Caminho aqui na estrada, só que não da manutenção, então precisava reformar Melhor Caminho”, disse o produtor rural Humberto. Moradores de Marabá Paulista (SP) sofrem com problemas em pontes e estradas rurais Reprodução/TV Fronteira Falta de recursos A Prefeitura de Marabá Paulista admitiu não ter condições de atender a todos os problemas, tendo em vista a falta de recursos e maquinários necessários. “Como nós somos uma prefeitura financeiramente às vezes até fraca, nós não conseguimos atingir o objetivo de 100%, fazemos aquilo que nós podemos fazer, atendendo a população e atendendo o pequeno produtor”, explicou o fiscal de estrada Aparecido Augusto de Lima. O fiscal ainda explica que o município possui grande extensão territorial e a administração municipal faz de tudo para manter a manutenção. Porém, a chuva costuma prejudicar o processo. “Quando chove, o município tem em torno de 200 quilômetros de estrada e quando chove estraga tudo em um dia só e gastamos em torno de três meses para fazer essas estradas tudo de volta. Acontece que nós começamos, chega na metade das estradas, chove de novo e temos que voltar para trás”, explicou. Moradores de Marabá Paulista (SP) sofrem com problemas em pontes e estradas rurais Reprodução/TV Fronteira Em 2023, a Câmara Municipal de Marabá Paulista enviou um ofício a deputados estaduais solicitando uma intercessão junto ao Governo do Estado de São Paulo na tentativa de viabilizar os estudos necessários para a recuperação das estradas rurais do município. No documento foi destacado ainda que várias estradas encontram-se intransitáveis, causando diversos acidentes, prejuízos no transporte pecuário, de grãos, insumos e citou ainda que a realização do transporte escolar no local está impossibilitada. O engenheiro agrônomo, Wesley de Menezes, explica que quando o município possui uma parceria com o Governo do Estado, o processo de manutenção é mais viável, visto que Marabá Paulista não tem capacidade financeira para suprir todas as necessidades. “O município de Marabá não tem essa capacidade física e financeira para estar desmembrando e fazendo todas as atividades necessárias. Quando o município tem uma parceria com o Governo do Estado, tudo é mais fácil porque o governo entra com valores e o município tem a sua contrapartida”, disse o engenheiro. Moradores de Marabá Paulista (SP) sofrem com problemas em pontes e estradas rurais Reprodução/TV Fronteira O que diz o Estado Em nota à TV Fronteira, a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado informou que no momento não há um projeto específico para obras de manutenção em estradas rurais do município. A pasta ainda afirmou que segue à disposição para avaliar eventuais pedidos.Veja mais notícias em g1 Presidente Prudente e Região.

Fonte: G1


18/01/2024 – 95 FM Dracena

COMPARTILHE

SEGUE A @95FMDRACENA

(18) 3822-2220


Av. Expedicionários, 1025, Centro
Cep: 17.900-000 – Dracena/SP

Todos os direitos reservados.  

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO