NOTÍCIAS


Problemas no sistema de cobrança suspendem por 90 dias pagamento de pedágio no acesso à represa de Martinópolis



Decisão foi tomada após a aprovação pela Câmara Municipal de uma lei de autoria do Poder Executivo, que foi promulgada pelo prefeito Marco Antonio Jacomeli de Freita (Republicanos). Cobrança de pedágio no acesso à represa de Martinópolis (SP) foi suspensa por 90 dias TV Fronteira A Prefeitura de Martinópolis (SP) decidiu suspender temporariamente por um período de 90 dias a cobrança do pedágio na Rodovia Municipal Osvaldo Campioni Ascêncio no acesso ao Balneário Laranja Doce, um dos principais pontos turísticos da região de Presidente Prudente (SP). A decisão foi tomada após a aprovação pela Câmara Municipal de uma lei de autoria do Poder Executivo, que foi sancionada e promulgada pelo prefeito Marco Antonio Jacomeli de Freita (Republicanos). A legislação deixa claro que, após o decurso do prazo de 90 dias, a cobrança do pedágio será restabelecida no acesso à represa. Em nota ao g1, a Prefeitura informou nesta sexta-feira (30) que a suspensão tornou-se necessária em razão de problemas no sistema de cobrança do pedágio. Além disso, o Poder Executivo salientou que dará andamento nos próximos dias ao processo para a contratação de um novo sistema de cobrança. A Prefeitura esclareceu ao g1 que os problemas impossibilitavam a arrecadação do pedágio de forma auditável e que o recebimento manual do dinheiro também provocava transtorno e insatisfação aos usuários. A tarifa até então cobrada no pedágio de Martinópolis correspondia ao valor de R$ 4 por veículo com identificação de placas de outros municípios. Cobrança de pedágio no acesso à represa de Martinópolis (SP) foi suspensa por 90 dias TV FronteiraVeja mais notícias em g1 Presidente Prudente e Região.

Fonte: G1


30/12/2022 – 95 FM Dracena

COMPARTILHE

SEGUE A @95FMDRACENA

(18) 3822-2220


Av. Expedicionários, 1025, Centro
Cep: 17.900-000 – Dracena/SP

Todos os direitos reservados.  

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO