NOTÍCIAS


Policial militar suspeito de assassinar a própria namorada segue hospitalizado em Presidente Prudente


Por meio de nota, o HR informou que “seu estado de saúde é considerado grave, porém, estável”, nesta quinta-feira (6).

Já o corpo de Kássia Ketlin Teixeira dos Santos, de 18 anos, que foi encontrada morta com marca de disparo de arma de fogo no rosto, foi sepultado na manhã desta quinta-feira (6), no Cemitério Municipal de Teodoro Sampaio.

O delegado da Polícia Civil responsável pelas investigações sobre o caso, Edmar Rogério Dias Caparroz, explicou ao g1 que o policial militar não foi preso.

“Estamos avançando para entender a dinâmica”, salientou Caparroz.

Kássia Ketlin Teixeira dos Santos, de 18 anos, e Robson Silva de Lima, de 32 anos — Foto: Redes sociais

  • “Ele era muito ciumento”, diz mãe da jovem assassinada em Teodoro Sampaio supostamente por policial militar
  • Policial militar é suspeito de matar a própria namorada e tentar suicídio, em Teodoro Sampaio

De acordo com informações da Polícia Civil, a mãe da vítima não conseguiu fazer contato com ela e acionou a Polícia Militar, por meio do 190. Uma equipe foi encaminhada até a residência e encontraram a mulher sem vida e com marca de disparo de arma de fogo na região do rosto. Já o homem foi encontrado desorientado e também com ferimento de arma de fogo, que atravessou a cabeça e atingiu internamente a região dos olhos.

“O cenário apresentado, analisando com a perícia, as lesões, o encontro da disposição dos móveis na casa, indicam que, por motivos a serem esclarecidos, ele efetuou um disparo de arma de fogo, com a arma da corporação, que atingiu a face da vítima, logo abaixo do olho direito. Provavelmente, o que indica, é que ele teria praticado suicídio. Teria efetuado um disparo contra a própria cabeça, que essa munição transfixou e atingiu internamente a região dos olhos”, relatou o delegado responsável pelo caso, Edmar Caparroz, ao g1.

O Corpo de Bombeiros foi acionado, o homem foi socorrido para o hospital do município, entubado e transferido para o Hospital Regional (HR) de Presidente Prudente. Ainda conforme o delegado, as duas cápsulas das munições foram encontradas no interior da residência, a arma utilizada era da corporação e também foi apreendida. Além disso, três aparelhos celulares foram recolhidos pelos policiais.

Na residência também foi encontrada uma menina com cerca de dois anos, filha da vítima em um outro relacionamento. A criança foi entregue para familiares da mulher.

Segundo Caparroz, o policial militar é tratado como suspeito de cometer o feminicídio e é preciso esclarecer a dinâmica dos ferimentos no interior da casa.

“O homem, num primeiro momento, é suspeito, mas, está encaminhando para a autoria, porque, por ora, não se vislumbra a atuação de uma terceira pessoa. O que nós precisamos esclarecer é a dinâmica desses ferimentos no interior da casa. Nós vamos priorizar dois quesitos: dinâmica e motivação do crime”, salientou o delegado ao g1.

Arma utilizada por suspeito era da corporação e foi apreendida — Foto: Betto Lopes/TV Fronteira

A Polícia Militar se manifestou, por meio de nota, e afirmou o seguinte:

“É com extremo pesar que comunicamos que em 04 de outubro, um policial militar no município de Teodoro Sampaio, de folga e em trajes civis, por circunstâncias a serem esclarecidas, é suspeito de ter efetuado disparo de arma de fogo contra sua namorada e, em seguida, efetuado um disparo contra a própria cabeça.

Infelizmente ela entrou em óbito no local. Ele foi socorrido com vida, em estado grave, ao Pronto Socorro do município. A ocorrência foi apresentada na delegacia de Teodoro Sampaio, por onde seguirão as investigações.

A Polícia Militar lamenta profundamente o ocorrido, se solidariza com familiares e amigos da vítima e adota todas as providências necessárias para a apuração dos fatos”.



Fonte: G1


06/10/2022 – 95 FM Dracena

COMPARTILHE

SEGUE A @95FMDRACENA

(18) 3822-2220


Av. Expedicionários, 1025, Centro
Cep: 17.900-000 – Dracena/SP

Todos os direitos reservados.  

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO