NOTÍCIAS


Polícia Civil prende mulher suspeita de envolvimento no assassinato do ex-namorado no Ana Jacinta, em Presidente Prudente



Jovem, de 23 anos, convidou a vítima para um encontro, na quadra de esportes do bairro, onde o rapaz, de 31 anos, levou três tiros e foi executado, no dia 16 de setembro. Deic de Presidente Prudente (SP) Leonardo Jacomini/g1 A Polícia Civil prendeu nesta terça-feira (24) uma mulher, de 23 anos, suspeita de envolvimento no assassinato de seu próprio ex-namorado, um rapaz, de 31 anos, que foi executado a tiros no dia 16 de setembro, ao lado da quadra de esportes do Conjunto Habitacional Ana Jacinta, em Presidente Prudente (SP). Ela foi detida no mesmo bairro, em cumprimento a um mandado judicial de prisão temporária por 30 dias, com possibilidade de prorrogação pelo mesmo período, e será encaminhada à Penitenciária Feminina de Tupi Paulista (SP), após a audiência de custódia. O jovem, de 21 anos, que é o suspeito de ter disparado os três tiros que mataram a vítima, não foi encontrado pelos policiais e está foragido, já que possui contra si um mandado de prisão temporária também por 30 dias e com possibilidade prorrogação. Dívida de droga O delegado Claudinei Alves, responsável pelas investigações sobre o caso, explicou ao g1 que os dois rapazes tinham uma divergência motivada por uma dívida relacionada ao tráfico de droga. Ou seja, segundo a polícia, o autor dos disparos seria o “cliente” e teria uma dívida acumulada com a vítima, de quem teria comprado droga. No dia 7 de setembro, o vendedor teria agredido o “cliente” durante a cobrança da dívida pela droga. Na mesma data, ainda de acordo com Alves, o casal teria brigado e terminado o namoro. VEJA TAMBÉM: Homem, de 31 anos, é morto a tiros no Conjunto Habitacional Ana Jacinta, em Presidente Prudente Depois disso, o rapaz agredido teria procurado a ex-namorada do suposto vendedor de droga, para que ela marcasse um encontro com a vítima na quadra de esportes do Conjunto Habitacional Ana Jacinta. Segundo a polícia, ela aceitou fazer parte do plano, já sabendo que o ex-namorado seria assassinado, e o convidou para o encontro. A moça e o suspeito de executar a vítima também moram no bairro e têm laço de amizade desde a infância, conforme as investigações identificaram. Na madrugada do dia 16 de setembro, o homem, de 31 anos, levou três tiros e morreu nas proximidades da quadra de esportes do Ana Jacinta, localizada junto à Avenida José Tacaci. Outro rapaz, de 19 anos, foi preso em flagrante por tráfico de drogas Polícia Civil Prisão em flagrante Nesta terça-feira (24), os policiais civis da 8ª Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) cumpriram, além da prisão temporária da ex-namorada da vítima, outros três mandados de busca e apreensão no Conjunto Habitacional Ana Jacinta. Na casa do suspeito de disparar os tiros que mataram a vítima, os policiais apreenderam celulares, dinheiro, balança de precisão, materiais comumente utilizados na embalagem de drogas, maconha e crack, razão pela qual prenderam em flagrante por tráfico de entorpecentes um outro rapaz, de 19 anos, que estava no local. O suspeito propriamente do homicídio, que já tem contra si um mandado de prisão temporária, não foi localizado e já é considerado foragido da Justiça.Veja mais notícias em g1 Presidente Prudente e Região.

Fonte: G1


24/10/2023 – 95 FM Dracena

COMPARTILHE

SEGUE A @95FMDRACENA

(18) 3822-2220


Av. Expedicionários, 1025, Centro
Cep: 17.900-000 – Dracena/SP

Todos os direitos reservados.  

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO