NOTÍCIAS


Operação mira assessoria educacional suspeita de atuar ilegalmente para o ingresso de estudantes em cursos universitários de medicina


A Polícia Civil de Teodoro Sampaio (SP) cumpre 18 mandados de busca e apreensão, na manhã desta terça-feira (6) em desfavor de uma assessoria educacional suspeita de atuar ilegalmente para o ingresso de estudantes em cursos universitários de medicina.

A operação, denominada Medicastro, é deflagrada em seis cidades. Do total de mandados, um foi cumprido em Guarujá (SP), três em Teodoro Sampaio, um em Pirapozinho (SP), três em Presidente Prudente (SP), três em Dourados (MS) e sete em Campo Grande (MS).

Operação é deflagrada em seis cidades nos estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul — Foto: Polícia Civil

Segundo a polícia, as investigações começaram há mais de dois anos e estão direcionadas a uma assessoria educacional sediada em Teodoro Sampaio “suspeita de atuar ilegalmente para o ingresso de estudantes em cursos universitários de medicina, ludibriando o processo seletivo ou veiculando falsas promessas aos interessados, fazendo com que ao menos dez investigados auferissem expressiva vantagem ilícita”.

Após representação formulada pela Polícia Civil, o Poder Judiciário decretou, além dos 18 mandados de busca e apreensão, o bloqueio de valores em instituições financeiras no montante de até R$ 6.992.098, o bloqueio junto a matrícula de um imóvel urbano, restrição no órgão de trânsito de quatro veículos automotores e o deferimento de medida cautelar diversa da prisão consistente em suspensão da atividade econômica e financeira da assessoria educacional.

As pessoas envolvidas com a assessoria educacional estão sendo investigadas pelos crimes estelionato, associação criminosa, fraude em certame de interesse púbico e lavagem de capitais.

De acordo com a Polícia Civil, dez pessoas são suspeitas de estarem envolvidas com a assessoria educacional em questão. Destas, oito foram encontradas e ouvidas, nas cidades de Campo Grande, Dourados, Guarujá e Teodoro Sampaio. As outras duas não foram localizadas em Campo Grande, Pirapozinho e Presidente Prudente.

Ainda segundo a polícia, foram apreendidos, durante as buscas, seis aparelhos celulares, um notebook, diversos contratos de prestação de serviços e quatro computadores, que passarão por análise, para o prosseguimento das investigações.



Fonte: G1


06/09/2022 – 95 FM Dracena

COMPARTILHE

SEGUE A @95FMDRACENA

(18) 3822-2220


Av. Expedicionários, 1025, Centro
Cep: 17.900-000 – Dracena/SP

Todos os direitos reservados.  

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO