NOTÍCIAS


Motivado por ciúmes, homem ameaça matar esposa com faca e tenta agredi-la, mas é preso em restaurante na Vila Nova



À polícia, ele disse que estava assando carne e que a companheira “teria se insinuado para outro homem e, por isso, acabou ficando com ciúmes e lhe ameaçou de morte com a faca”, em Presidente Prudente (SP). Homem ameaça matar esposa com faca e tenta agredi-la, mas é preso em restaurante na Vila Nova, em Presidente Prudente (SP) Arquivo/g1 Um homem, de 38 anos, foi preso em flagrante na noite deste sábado (4) após ameaçar a esposa de morte e tentar agredi-la no restaurante em que ambos são proprietários, na Vila Nova, em Presidente Prudente (SP). Os policiais foram acionados por volta das 19h20 para atender uma ocorrência de violência doméstica. Ao chegarem no local, a vítima, de 56 anos, relatou que o casal havia ingerido bebida alcoólica e, motivado por ciúmes, o companheiro, na posse de uma faca, ameaçou-a de morte e tentou agredi-la. À polícia, o homem disse que estava assando carne e que a companheira “teria se insinuado para outro homem e, por isso, acabou ficando com ciúmes e lhe ameaçou de morte com a faca que utilizava para cortar a carne”. Ele ainda relatou que a esposa “começou a tirar onda com um cara que estava jogando sinuca” e que ele disse à vítima que poderia matar os dois. Foi quando pegou a faca de churrasco e “virou o cabo para ela”. Ele afirmou, no entanto, que “era tudo brincadeira”, pois “jogou a faca no chão, não a ameaçou de morte e, tampouco, teve a intenção de matá-la”. O objeto foi apreendido. Conforme o Boletim de Ocorrência registrado na Delegacia Participativa da Polícia Civil, durante o episódio, o indiciado acabou quebrando algumas garrafas e a vítima lesionou o pé. Sem liberdade provisória Ainda de acordo com o documento, o homem afirmou que já foi preso anteriormente por violência doméstica. Já a vítima, disse aos policiais que também havia registrado um Boletim de Ocorrência contra ele em outra ocasião. Segundo o delegado Lincoln de Souza Simonato, “por já ter praticado violência doméstica contra a vítima”, “bem assim para garantir a ordem pública, a conveniência da instrução criminal e assegurar a aplicação da lei penal”, “não se mostra adequado e útil a concessão de liberdade provisória com ou sem fiança”. “No caso concreto, há prova da materialidade e indícios de autoria que demonstram que o indiciado possa ter praticado as condutas típicas de lesão corporal e ameaça no âmbito da violência doméstica contra sua companheira”, observou Simonato no Boletim de Ocorrência. O delegado ainda representou pela prisão preventiva do indiciado, “vez que os comportamentos evidenciam o firme propósito em continuar a praticar crimes e causar perturbação à ordem pública”. O homem permanece preso e à disposição da Justiça.Veja mais notícias em g1 Presidente Prudente e Região.

Fonte: G1


05/02/2023 – 95 FM Dracena

COMPARTILHE

SEGUE A @95FMDRACENA

(18) 3822-2220


Av. Expedicionários, 1025, Centro
Cep: 17.900-000 – Dracena/SP

Todos os direitos reservados.  

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO