NOTÍCIAS


Ladrão arromba loja de conveniência no Parque do Povo para furtar mais de R$ 4,5 mil em mercadorias, mas acaba preso em Presidente Prudente



Sacola dispensada pelo suspeito foi recuperada e continha maços de cigarros, garrafas de bebidas alcoólicas e isqueiros, além de R$ 99,40 em moedas. Mercadorias furtadas de loja de conveniência foram recuperadas Polícia Civil Um homem, de 36 anos, foi preso em flagrante após furtar a loja de conveniência de um posto de combustíveis no Jardim Morishita, no Parque do Povo, em Presidente Prudente (SP). Ele ainda tentou escapar da abordagem da Polícia Militar e deixou para trás um saco plástico com produtos furtados do estabelecimento comercial, mas acabou detido em um terreno baldio. De acordo com as informações do Boletim de Ocorrência registrado na Delegacia Participativa da Polícia Civil, os policiais militares viram o suspeito quando ele atravessava a Avenida 11 de Maio, na direção do campo sintético de futebol no Parque do Povo, e carregava um saco plástico preto. Assim que notou a presença da viatura, o homem abandonou o saco plástico e fugiu. No entanto, os militares o alcançaram e o detiveram em um terreno baldio na Vila Tabajara. A sacola dispensada pelo suspeito foi recuperada e continha maços de cigarros, garrafas de bebidas alcoólicas e isqueiros, que totalizaram R$ 4,5 mil, além de R$ 99,40 em moedas. Segundo a polícia, o ladrão entrou no estabelecimento comercial mediante o arrombamento da porta com uma peça de madeira, com a qual danificou a fechadura. Ainda de acordo com o Boletim de Ocorrência, o preso teria admitido o crime aos policiais militares, porém, na Delegacia Participativa, o investigado optou por permanecer em silêncio. Um representante da loja de conveniência foi contatado pela polícia e orientado a comparecer à Delegacia Participativa para receber de volta as mercadorias e o dinheiro da empresa que haviam sido furtados. O homem foi preso em flagrante e irá responder pelo crime de furto qualificado, com pena prevista de dois a oito anos de reclusão e multa. A Polícia Civil representou à Justiça pela conversão do flagrante em prisão preventiva do suspeito. Além disso, ainda foi cumprido um mandado judicial de prisão temporária que já existia contra ele.Veja mais notícias em g1 Presidente Prudente e Região.

Fonte: G1


14/01/2023 – 95 FM Dracena

COMPARTILHE

SEGUE A @95FMDRACENA

(18) 3822-2220


Av. Expedicionários, 1025, Centro
Cep: 17.900-000 – Dracena/SP

Todos os direitos reservados.  

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO