NOTÍCIAS


Justiça concede liberdade provisória a mãe que agrediu a própria filha de um ano e meio, em Dracena



A mulher, de 19 anos, deve cumprir medidas cautelares e protetivas, mas ainda responderá pelos crimes de lesão corporal qualificada e maus-tratos. Mulher foi presa após agredir a filha de um ano, nesta segunda-feira (27), em Dracena (SP) Polícia Civil A Justiça colocou em liberdade provisória a mãe que havia sido presa, nesta segunda-feira (26), após espancar a própria filha de um ano e meio de idade, em Dracena (SP). Segundo informações da Polícia Civil, a audiência de custódia concedeu a liberdade provisória para a mulher, de 19 anos, mediante ao cumprimento de medidas cautelares e protetivas. A polícia não soube informar ao g1 quais foram as medidas cautelares e protetivas impostas à mulher. Mesmo em liberdade, a mulher responderá pelo inquérito policial que investiga os crimes de lesão corporal qualificada e maus tratos nos termos da Lei Henry Borel (nº 14.344/2022). VEJA TAMBÉM: Mãe é presa após espancar a própria filha de um ano de idade, em Dracena Agressão contra a filha A mãe, uma mulher de 19 anos, foi presa na noite desta segunda-feira (26), após espancar a própria filha de um ano e meio de idade, em Dracena (SP). O proprietário da residência viu as agressões e filmou. Em entrevista à TV Fronteira, o delegado responsável pelo caso, Eliandro Renato dos Santos, disse que o vídeo filmado pelo homem, de 38 anos, auxiliou na apuração dos fatos. “Esse vídeo expunha toda a dinâmica criminosa, inclusive toda a violência da mãe para com a sua filha. Esse fato, aliado às demais provas, tais como as testemunhais, fizeram com que nós entendêssemos que ela estava em flagrante delito de crime de lesões corporais e maus-tratos no contexto da Lei Henry Borel, que é uma lei muito recente e que trata justamente em resguardar a integridade da vida das crianças”, disse o delegado. Mulher foi presa após agredir a filha de um ano, nesta segunda-feira (27), em Dracena (SP) Polícia Civil A mulher foi conduzida à Delegacia e, durante interrogatório, disse que “realmente bateu na filha, porque estava nervosa”, visto que sua filha tinha agredido uma prima de oito anos de idade. A criança foi encaminhada ao pronto atendimento médico da cidade e passa bem. A menor de idade foi entregue ao Conselho Tutelar, que a deixou sob os cuidados do pai. Ainda segundo informações da corporação, a suspeita já tinha passagem na polícia por um crime semelhante que aconteceu em 2020, em Ouro Verde (SP). Na época do caso anterior, ela era adolescente. Além da criança que sofreu as agressões, a suposta autora tem outros dois filhos, que atualmente estão cada um com seu respectivo pai. A mulher, de 19 anos, foi conduzida até a Delegacia, onde foi autuada por lesão corporal qualificada e maus tratos nos termos da Lei Henry Borel (nº 14.344/2022).Veja mais notícias em g1 Presidente Prudente e Região.

Fonte: G1


28/12/2022 – 95 FM Dracena

COMPARTILHE

SEGUE A @95FMDRACENA

(18) 3822-2220


Av. Expedicionários, 1025, Centro
Cep: 17.900-000 – Dracena/SP

Todos os direitos reservados.  

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO