NOTÍCIAS


Homem é preso em flagrante por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo no Vale das Parreiras, em Presidente Prudente



Suspeito, de 56 anos, admitiu que vendia cada porção de crack por R$ 5,00. Homem foi preso por tráfico de drogas e porte ilegal de arma, em Presidente Prudente (SP) Polícia Civil Um homem, de 56 anos, foi preso em flagrante por tráfico de droga e porte ilegal de arma de fogo de uso permitido nesta sexta-feira (2), no bairro Vale das Parreiras, em Presidente Prudente (SP). Com ele, a Polícia Militar apreendeu porções de cocaína, crack e maconha e ainda um revólver de calibre 32 com munições. Durante patrulhamento rotineiro, os policiais militares identificaram um local com aspecto de abandonado onde havia uma movimentação suspeita de pessoas, típica de tráfico de drogas. O portão estava aberto e na parte frontal havia um homem sentado, que acabou abordado pelos policiais. Assim que ele se levantou e ergueu as mãos, os militares perceberam que portava um revólver na cintura, que foi apreendido. A arma de fogo tinha duas munições picotadas e uma intacta. No bolso da jaqueta que ele vestia, havia uma porção de cocaína. Em frente ao sofá em que o suspeito estava sentado, havia uma cadeira sobre a qual estavam a carteira dele, com R$ 40,00 em dinheiro, em notas de R$ 5,00 e R$ 2,00, e um prato que continha porções fragmentadas de crack. Um cão farejador da PM localizou, em um dos quartos daquele imóvel, um frasco que continha uma porção de maconha e uma cápsula deflagrada de calibre 32. Segundo o Boletim de Ocorrência registrado na Delegacia Participativa da Polícia Civil, o homem admitiu aos militares ter comprado pelo valor de R$ 120,00 uma pedra bruta de crack na linha férrea e que vendia cada fração da droga por R$ 5,00. Sobre a cocaína, o autuado alegou ser para consumo pessoal. Já com relação à maconha, segundo o registro policial, ele não soube justificar a origem da droga. Também foi apreendido o aparelho celular do autuado, que mora em outro imóvel, no Jardim Santa Mônica. O preso foi levado à Delegacia Participativa, onde foi interrogado pela Polícia Civil, mas preferiu permanecer em silêncio. A Polícia Civil representou à Justiça pela conversão da prisão em flagrante em prisão preventiva do suspeito.Veja mais notícias em g1 Presidente Prudente e Região.

Fonte: G1


02/02/2024 – 95 FM Dracena

COMPARTILHE

SEGUE A @95FMDRACENA

(18) 3822-2220


Av. Expedicionários, 1025, Centro
Cep: 17.900-000 – Dracena/SP

Todos os direitos reservados.  

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO