NOTÍCIAS


Homem baleado na cabeça por PM após praticar direção perigosa de trator, em Taciba, continua internado no HR em estado grave



Rapaz, de 39 anos, é suspeito de colocar a vida de outras pessoas em risco e teria desobedecido às ordens dos policiais, na última sexta-feira (22). Trator utilizado por suspeito de envolver-se em ocorrência de direção perigosa, em Taciba (SP) Cedida Permanece internado em estado grave, no Hospital Regional (HR) de Presidente Prudente (SP), o homem baleado na cabeça pela Polícia Militar após envolver-se em uma ocorrência de direção perigosa de um trator, que estaria colocando a vida de outras pessoas em risco, na sexta-feira (22), em Taciba (SP). Em nota enviada ao g1, o HR informou que o paciente, de 39 anos, deu entrada no Pronto-socorro da unidade na noite da última sexta-feira, onde foi prontamente atendido pela equipe médica e multiprofissional. “Neste momento, ele se encontra internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e seu estado de saúde é considerado grave, porém, estável”, afirmou o hospital, na manhã desta segunda-feira (25). De acordo com as informações apuradas pelo g1 junto à Polícia Civil, houve a necessidade de disparo de arma de fogo contra o suspeito porque ele não obedeceu aos comandos da Polícia Militar e também porque não surtiu efeito o uso da arma não letal de choque elétrico, conhecida como taser, pelos policiais. VEJA TAMBÉM: PM acerta tiro na cabeça de suspeito de colocar a vida de outras pessoas em risco com direção perigosa de trator em Taciba Trator utilizado por suspeito de envolver-se em ocorrência de direção perigosa, em Taciba (SP) Cedida Caso Segundo a Polícia Civil, os policiais militares foram acionados inicialmente para verificar uma ocorrência de agressão. No local, um homem alterado estava na direção de um trator e testemunhas relataram que ele havia praticado direção perigosa com o veículo e, inclusive, derrubado o portão de uma residência. Além disso, algumas pessoas alegaram que tinham sido agredidas pelo condutor do trator. Segundo a Polícia Civil, o homem deixou o local dirigindo o trator, não obedecendo aos policiais militares, que solicitaram apoio para a abordagem e receberam a informação de que o condutor havia retornado para a área e ainda estava com o veículo. Conforme o Boletim de Ocorrência, ao perceber a aproximação dos policiais, o homem deu partida no trator e passou a acelerar. Apesar dos reiterados pedidos para que desligasse e descesse do veículo, ele não obedeceu e continuou acelerando o trator. Neste momento, um policial efetuou disparo com a arma de choque, mas não surtiu nenhum efeito. Trator utilizado por suspeito de envolver-se em ocorrência de direção perigosa, em Taciba (SP) Cedida Ainda conforme o relato do registro policial, o motorista fez uma manobra com o trator e veio em direção aos policiais. Para cessar a ação, o mesmo policial que havia disparado a taser efetuou outros dois disparos com sua arma de fogo, os quais também não surtiram nenhum efeito, pois o tratorista continuou com seu intento. Isso, segundo o Boletim de Ocorrência, exigiu dos militares mais três disparos de tiros. Dois partiram da arma do militar que já tinha feito os disparos anteriores e um foi efetuado por uma outra policial. Após os disparos, o tratorista foi perdendo os sentidos e o trator acabou se chocando com um poste de energia, onde parou. O homem foi socorrido e levado ao HR, onde passou por tomografia e permaneceu internado. Segundo o Boletim de Ocorrência, ele foi atingido apenas por um tiro, que o acertou na cabeça. Nas roupas que ele vestia, segundo o registro policial, foi encontrada uma porção de substância entorpecente correspondente a 1,36 grama de cocaína. Trator utilizado por suspeito de envolver-se em ocorrência de direção perigosa, em Taciba (SP) Cedida Segundo a Polícia Civil, “observa-se pelas versões colhidas que os policiais agiram dentro da legalidade e numa progressão continuada para repelir uma injusta agressão”. A Polícia Científica foi chamada para realizar a perícia no local, bem como o exame residuográfico. As armas dos policiais foram apreendidas para posterior encaminhamento para exame pericial. O Ministério Público do Estado de São Paulo (MPE-SP) também foi comunicado sobre o caso. Trator utilizado por suspeito de envolver-se em ocorrência de direção perigosa, em Taciba (SP) Cedida Investigação A Polícia Civil irá instaurar um inquérito para apurar e esclarecer o caso. “Houve intervenção policial numa situação de direção perigosa e periclitação de vida, que culminou com necessidade de disparo de arma de fogo, uma vez que o autor não obedeceu aos comandos da Polícia Militar, não tendo também surtido efeito o taser. O autor sofreu ferimentos e foi socorrido. Maiores informações quando da instrução do inquérito policial”, relatou a Polícia Civil ao g1. A reportagem do g1 solicitou um posicionamento oficial da Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP) sobre o assunto, que, em nota enviada ao portal na noite de sábado (23), disse que o homem “de 39 anos ficou ferido após avançar contra policiais militares com um trator na noite desta sexta-feira, na rua Luís Fernandes de Fogueira”, no bairro Alto Alegre. “Os policiais foram acionados porque o suspeito tinha agredido algumas pessoas e estava a bordo de um trator, dirigindo de forma perigosa. Os PMs tentaram abordar o autor, que avançou para cima deles com o veículo. Os militares atiraram e o homem ficou ferido, sendo socorrido ao Hospital de Presidente Prudente. Com ele foi localizado uma porção de entorpecentes, que foi apreendida juntamente com as armas dos policiais. O caso foi registrado como drogas para consumo pessoal sem autorização ou em desacordo, localização/apreensão de objeto e lesão corporal pela Delegacia de Polícia de Taciba e é investigado. A PM acompanha”, concluiu a secretaria ao g1.Veja mais notícias em g1 Presidente Prudente e Região.

Fonte: G1


25/12/2023 – 95 FM Dracena

COMPARTILHE

SEGUE A @95FMDRACENA

(18) 3822-2220


Av. Expedicionários, 1025, Centro
Cep: 17.900-000 – Dracena/SP

Todos os direitos reservados.  

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO