NOTÍCIAS


Em menos de 9 horas, dois homens são presos por violência doméstica em Tupi Paulista



No primeiro registro da Polícia Militar, a vítima teria sido agredida com uma cadeirada na cabeça, enquanto comia um lanche, no Jardim Itália. Dois homens foram presos por violência doméstica, neste sábado (27), em Tupi Paulista (SP) Polícia Civil Dois homens, de 18 e 56 anos, foram presos por violência doméstica em Tupi Paulista (SP), neste sábado (27). As agressões distintas ocorreram nos jardins Itália e Santa Izabel, com um intervalo de menos de nove horas, entre um caso e o outro. Primeiro registro A primeira ocorrência foi registrada às 7h da manhã, no Jardim Itália, onde, de acordo com a Polícia Militar, “havia uma mulher, de 39 anos, com corte contuso na cabeça”. Em contato com a vítima, ela relatou aos policiais que estavam em sua residência “comendo um lanche, quando foi agredida com uma cadeirada na cabeça, desferida por seu amásio”. Ainda de acordo com a mulher, o homem, de 56 anos, se apossou de uma faca e a ameaçou de morte. Neste momento, ela “saiu correndo e pediu socorro na casa de seu genro, que acionou a ambulância e a socorreu ao pronto-socorro municipal”. “De imediato, equipes da Polícia Militar, deslocaram ao local dos fatos, onde se depararam com a porta da sala aberta e grande desordem dentro do imóvel, aparelho televisor e celular quebrados, manchas de sangue no chão e parede da sala, porém o agressor não se encontrava na residência”, explicou a PM ao g1. O suspeito, no entanto, foi localizado durante um patrulhamento dos policiais, na residência de sua filha, enquanto dormia no sofá da sala. O homem foi preso por violência doméstica e conduzido à Delegacia da Polícia Civil, onde permanece à disposição da Justiça. Segundo registro A segunda ocorrência se deu às 15h, no Jardim Santa Izabel. Conforme a PM, uma mulher, de 18 anos, relatou ter sido agredida com socos e chutes por seu marido, de 40 anos, após um “desentendimento familiar”. A vítima apresentou lesões no rosto, escoriações pelo corpo e dores abdominais. “Ao ser questionado, o suspeito alegou que sua esposa deu início às agressões segurando-o pelo pescoço, causando arranhões e que a empurrou pedindo para ela parar, porém, tentou agredi-lo novamente onde desferiu um soco no rosto da vítima e negando as demais agressões”, pontuou a polícia ao g1. O casal, então, foi conduzido até o pronto-socorro municipal, onde foi constatado que a vítima possuía um hematoma abaixo do olho esquerdo, um ferimento na pálpebra do mesmo olho e escoriações no “membro superior esquerdo”. O suspeito possuía “escoriações e arranhões no pescoço, na região posterior ao tórax e no quinto dedo direito”. Depois dos atendimentos médicos, ambos foram conduzidos à Delegacia da Polícia Civil, onde o marido foi preso em flagrante por violência doméstica e lesão corporal. Ele também permaneceu preso à disposição da Justiça.Veja mais notícias em g1 Presidente Prudente e Região.

Fonte: G1


29/05/2023 – 95 FM Dracena

COMPARTILHE

SEGUE A @95FMDRACENA

(18) 3822-2220


Av. Expedicionários, 1025, Centro
Cep: 17.900-000 – Dracena/SP

Todos os direitos reservados.  

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO