NOTÍCIAS


Baralho cigano, jogo de búzios, numerologia e tarô: procura aumenta na virada de ano



Pessoas realizam atendimento para receberem direcionamento e planejar 2024. Procura por baralho cigano, jogo de búzios, numerologia e tarô aumenta na virada de ano Arquivo/Casa de Yemojá Com o objetivo de buscar um direcionamento e planejar 2024, a procura pelo baralho cigano, jogo de búzios, numerologia e tarô aumenta na virada de ano. Algumas pessoas que procuram pelos atendimentos relataram ao g1 que eles são essenciais nesse período. Conforme a numeróloga e taróloga Thaíze Fernanda de Souza, de 36 anos, “a procura por atendimento, tanto com a numerologia quanto com o tarô, nessa época do ano se intensifica porque as pessoas estão em busca de mudanças para o ano que está chegando”. Ela é moradora de Regente Feijó (SP) e explicou ao g1 que a numerologia “é como um mapa da sua vida” e mostra “os ciclos de vida, momentos decisivos, os desafios que serão enfrentados”. “Como também seus números harmônicos, que podem te trazer sorte, e seus anos pessoais, que faz com que você saiba qual a energia que vai estar vigente para você durante o seu ano, fazendo com que seja muito mais fácil lidar com as questões do dia a dia” relatou Thaíze. Thaíze Fernanda de Souza é numeróloga e taróloga Arquivo pessoal Já sobre o tarô, ela contou que “não se trata de adivinhar o que vai acontecer, mas sim qual a energia e as possibilidades de acordo com o que estamos vivendo no momento”. Thaíze ressaltou ao g1 que “as pessoas buscam atendimento com o tarô e a numerologia nessa época do ano porque querem tomar decisões importantes, que influenciam na vida delas. Elas querem um conselho da espiritualidade para poderem agir da forma mais correta possível”. “A partir do momento que sabemos qual a energia está vibrando na nossa vida, podemos parar de remar contra a maré e simplesmente surfar na onda energética. Quando se sabe o que está por vir fica tudo muito mais fácil de lidar e de se preparar. É muito importante ter esse discernimento até para saber como se comportar diante dos desafios da nossa vida no decorrer do ano”, finalizou ela. Thaíze Fernanda de Souza é numeróloga e taróloga Arquivo pessoal Quantidade de jogos dobra Mariana Pereira Kuhn Grigollette, de 26 anos, conhecida como Mãe Mariana de Yemojá, é moradora de Presidente Prudente (SP) e realiza atendimentos com jogo de búzios, baralho cigano e tarô. Ela explicou ao g1 que o oráculo de cartas, ou seja, o baralho cigano e tarô, consegue investigar todas as áreas da vida da pessoa e também aprofundar questões sobre uma terceira pessoa. Já o jogo de búzios é “um jogo pessoal, profundo e individual. Também aborda todas as áreas da vida da pessoa e consegue ter um aprofundamento de questões espirituais com muita profundidade”. “O oráculo de cartas não é um oráculo que tem uma religião. As cartas não têm religião, você pode ser católico, espírita, umbandista. Diferente do jogo de búzios, que está ligado a algumas tradições, no meu caso o candomblé”, explicou Mariana ao g1. Mãe Mariana de Yemojá realiza atendimentos com jogo de búzios, baralho cigano e tarô Arquivo/Casa de Yemojá Ela ressaltou que atende entre 80 e 100 pessoas por mês e que esse número dobra no final do ano. “Quando a gente chega no final do ano, essa quantidade de jogos, praticamente, dobra. As pessoas realmente vêm buscando muito no final do ano um novo olhar para 2024. Então, as pessoas buscam prosperidade, abertura de caminhos, tomada de novas decisões”, afirmou Mãe Mariana. Mariana relatou ao g1 que o “campo amoroso” é muito procurado, porém “esse ano o campo profissional e financeiro foi o carro-chefe” e ela ressaltou que o aumento na procura acontece porque as pessoas querem se preparar para o ano seguinte. “Eu gosto de deixar claro para as pessoas que além da previsão, eles nos dão a oportunidade de sermos pessoas melhores. Então, para além do prever é a oportunidade de fazer diferente”, finalizou Mãe Mariana. Mãe Mariana de Yemojá com jogo de búzios Arquivo/Casa de Yemojá Direcionamento Há dois anos, Beatriz de Freitas Almeida, de 25 anos, busca atendimento com o jogo de búzios e o oráculo de cartas. Ela disse ao g1 que procura sempre um direcionamento, qual a melhor maneira de caminhar. Para Beatriz é essencial planejar o próximo ano com atendimento oracular, “sentar e ouvir a espiritualidade”. “Final de ano é aquela época que a gente fica mais reflexivo. Procurar os oráculos nessa época do ano ajuda a gente a entrar com pé direito no próximo ano, dá um gás, um ânimo, um puxão. Me deixa muito bem!”, reforçou ao g1. Procura por baralho cigano, jogo de búzios, numerologia e tarô aumenta na virada de ano Arquivo/Casa de Yemojá Já para Maria Caroline dos Santos Silva, de 28 anos, é a primeira vez que busca atendimento com jogo de búzios e o oráculo de cartas para planejar o ano seguinte. Ela disse ao g1 que procura orientação oracular há oito meses e busca “um direcionamento de como agir em determinadas situações”. “Para me preparar e saber em qual campo, seja financeiro, espiritual, amoroso, que terei que ter mais atenção, deixando assim o planejamento para o próximo ano mais leve e claro. O jogo nos dá um direcionamento de qual caminho tomar, e nos deixa preparados para aquilo que ainda está por vir”, finalizou Maria Caroline. Procura por baralho cigano, jogo de búzios, numerologia e tarô aumenta na virada de ano Arquivo/Casa de YemojáVeja mais notícias em g1 Presidente Prudente e Região.

Fonte: G1


31/12/2023 – 95 FM Dracena

COMPARTILHE

SEGUE A @95FMDRACENA

(18) 3822-2220


Av. Expedicionários, 1025, Centro
Cep: 17.900-000 – Dracena/SP

Todos os direitos reservados.  

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO