NOTÍCIAS


Audiência pública discute financiamento de R$ 90 milhões solicitado pela Prefeitura de Presidente Prudente



O secretário municipal de obras Mateus Grosso e a secretária municipal de finanças Célia Maria compareceram à reunião para prestar esclarecimentos relacionados ao possível financiamento. Audiência foi realizada na Câmara Municipal de Presidente Prudente (SP), nesta quarta-feira (31) Leonardo Jacomini/g1 A Câmara Municipal de Presidente Prudente (SP) realizou uma audiência pública, na noite desta quarta-feira (31), para debater o pedido de autorização sobre um empréstimo de R$ 90 milhões solicitado através de um projeto de lei de autoria da Prefeitura Municipal. O projeto de lei 864/18, de autoria do Poder Executivo, busca autorização do Poder Legislativo para contratar uma operação de crédito junto a Caixa Econômica Federal, no âmbito da linha de financiamento Finisa, que é voltada para a infraestrutura e o saneamento. A reunião, que contou com a presença dos vereadores, autoridades e moradores, questionaram a Administração Pública sobre em quais projetos o dinheiro deve ser utilizado. Além disso, parlamentares perguntaram qual a situação atual da saúde financeira do município. VEJA TAMBÉM: Vereadores convocam audiência pública para discutir solicitação de empréstimo de R$ 90 milhões à Prefeitura de Presidente Prudente Vereador questiona prefeito Ed Thomas sobre tentativa de empréstimo de R$ 90 milhões: ‘É muito preocupante’ O secretário municipal de obras Mateus Grosso e a secretária municipal de finanças Célia Maria compareceram à audiência para prestar esclarecimentos relacionados ao possível financiamento. Os vereadores e a população também apontaram que uma das principais preocupações está relacionada aos juros que seriam gerados pelo empréstimo milionário. Depois dos questionamentos, a palavra foi passada aos secretários convidados. Mateus apresentou um projeto com obras que devem ser executadas por meio da possível operação de crédito. Entre o planejamento apresentado está o prolongamento da Avenida Hiroshi Yoshio. “Envolve projetos de infraestrutura na execução de novas avenidas, novas ruas, recapeamentos, correção de pavimento. Nossa cidade tem passado por problema grande em galerias, então isso vai ser aplicado também nesse sentido. São 37 pontos de alagamentos na cidade, um é o Parque do Povo, que é maior, obviamente, mas os outros 36 entram água dentro da casa das pessoas. Então vamos dar atenção a isso também”, disse o secretário de obras. Já a Secretária de Finanças, por sua vez, pontuou que além da Caixa Econômica Federal, foram consultados outros dois bancos para oferecer o empréstimo. Porém, conforme Célia, a Caixa ofereceu a melhor condição de financiamento. Ela também prestou esclarecimentos sobre a capacidade do município na obtenção de novos empréstimos e sobre a taxa de juros vinculada ao valor do financiamento. “A taxa de juros é de 142% do CDI. É o juros de mercado, então ninguém está falando de financiamento de custo baixíssimo. Não, é um juros de mercado interbancário e ela é muito direcionada a taxa de juros que são baseadas pela Selic. Então nós temos uma tendência de queda Selic, então isso faz com que a projeção do financiamento seja favorável também”, ressaltou a secretária à TV Fronteira. Em entrevista à TV Fronteira, os vereadores disseram que, apesar da audiência, ainda há dúvidas relacionadas ao empréstimo milionário. Conforme o vereador Demerson Dias (PSB), que assinou o requerimento que solicitava a audiência, o projeto de lei gerou dúvidas desde o princípio. “O projeto veio muito sem esclarecimento técnico, até mesmo os técnicos da prefeitura não entenderam todos os questionamentos técnicos. Acredito eu que na reunião das comissões que são mais técnicas, a gente pode tirar essas dúvidas que está parada no ar”, ressaltou o parlamentar a TV Fronteira. A vereadora Miriam Brandão (Patriota), também não ficou satisfeita com os esclarecimentos. “Precisa vir a equipe técnica, explicar timtim por timtim. Só falar que vai fazer estrada e que vai abrir avenidas não me convenceu. Precisa de muito mais”, disse.Veja mais notícias em g1 Presidente Prudente e Região.

Fonte: G1


01/06/2023 – 95 FM Dracena

COMPARTILHE

SEGUE A @95FMDRACENA

(18) 3822-2220


Av. Expedicionários, 1025, Centro
Cep: 17.900-000 – Dracena/SP

Todos os direitos reservados.  

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO